02/02/2015

Nascimento






«No início havia apenas o Caos, a Noite (Nix), a Escuridão (Erebus) e o Abismo (Tártaro). A Terra, o Ar e o Céu não existiam. Em primeiro, a Noite de asas negras depositou um ovo não fecundado no seio das infinitas profundezas da escuridão, e a partir disto, após a revolução de longas eras, surgiu o gracioso Amor (Eros) com as suas reluzentes asas douradas, ligeiro como os redemoinhos das tempestades. Ele acasalou no profundo Abismo com o escuro Caos, com asas como ele mesmo, e assim eclodiu em diante a nossa raça, a primeira a ver a luz.»

Hesíodo

Sem comentários:

Enviar um comentário

Desejo

«O condenado à morte deixou transparecer uma alegria comovida ao saber do indulto. Mas ao cabo de algum tempo, acentuando-se as melhora...